segunda-feira, 7 de janeiro de 2013







De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera, Ou se vacila ao mínimo temor.
 Amor é um marco eterno, dominante, Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante, Cujo valor se ignora, lá na altura.
Amor não teme o tempo, muito embora Seu alfange não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora, Antes se afirma para a eternidade.
Se isso é falso, e que é falso alguém provou, Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013









Luz em teu corpo
Brilha como a lua
Que doce olhar e doce olhos
Doce fala, suave verbo
Paz é só o que posso sentir
É somente o que me cabe na vida do agora
Um pouco de movimento aqui ou ali
Doce verbo esse teu nome
Essa tua cor, essa tua luz de luar
Apaga de vez essa dor que é solidão
Leva-me em fim para tua luz
Leva-me enfim em paz.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013












Longe dos pescadores os rios infindáveis vão morrendo de sede lentamente...
Eles foram vistos caminhando de noite para o amor - oh, a mulher amada é como a fonte!
A mulher amada é como o pensamento do filósofo sofrendo
A mulher amada é como o lago dormindo no cerro perdido
Mas quem é essa misteriosa que é como um círio crepitando no peito?
Essa que tem olhos, lábios e dedos dentro da forma inexistente?

Pelo trigo a nascer nas campinas de sol a terra amorosa elevou a face pálida dos lírios
E os lavradores foram se mudando em príncipes de mãos finas e rostos transfigurados...

Oh, a mulher amada é como a onda sozinha correndo distante das praias
Pousada no fundo estará a estrela, e mais além.


segunda-feira, 9 de julho de 2012







Branco e preto

Na verdade eu nao vivo sem você
Como você não vive? es tão diferente de mim
sinto isso, mas não creio que isso me impeça de te amar.
Nos não conseguimos nos encontrar, onde estou você não está
Estás sempre aqui comigo, não importa onde eu vá
Não me importa, não te quero em minha vida
Você também não existe sem mim, nos necessitamos assim como a todas
Creio nisso também, mas te necessito em mim
Eu estou em você, uma não existe sem o outro assim como a todas
Me fadiga esse seu positivismo
Me fadiga esse seu negativismo
Como lhe falei, eu não vivo sem você, nos complementamos
Eu não vivo sem você, preciso do sereno seu escuro
Estou em você luz, por traz disso tudo estou
Me transforma esse seu positivismo
Me transforma esse seu negativismo
Somos o que somos por causa de nos mesmos